Ser professor de gastronomia

Em todas as áreas profissionais é importante ter o conhecimento e a experiência, a união destes dois elementos faz um bom professor. E muito importante que o professor traga sua experiência para a sala de aula, porém com conceitos organizados e agumentados, claros.

Heiko Grabolle

Na gastronomia, pontos como higiene, gerenciamento de estoque, relações humanas, manuseio de equipamentos e planejamento de cardápios são tão importantes quanto o próprio cozinhar. O objetivo de uma faculdade é formar chefs para a indústria da gastronomia e o mercado abre mais espaço pra quem estuda.

Na Alemanha temos o sistema dual, isto é o aluno passa 2 dias da semana na sala de aula recebendo a teoria e 4 dias no restaurante praticando. Neste processo ele já vai acumulando horas de experiência para compravar os 5 anos que precia para poder fazer o mestrado em cozinha (Meisterbrief) e o de Instrutor (Ausbildereignungsprüfung) para lecionar alunos nas universidades.

No Brasil já temos, além dos cursos Tecnólogos e Bacharéis os cursoso de Pós-Graduação em gastronomia que trazem conhecimento mais gerenciais para os profissionais – isto é só o começo, pois o Brasile está crescendo e a gastronomia é uma das áreas que mais cresce – temos que aproveitar a oportunidade!

Verifique os cursos mais reconhecidos no site da ABAGA.ABAGA

Um grande abraço chef alemão Heiko Grabolle

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s