Gastronomia alemã e sua diversidade

Faz praticamente um ano que fui entrevistado pelo canal DW – Deutsche Welle. Foi um trabalho muito legal escrito por Caroline Edit e Roselaine Wandscheer.

Deutsche Welle - do centro da Europa

Segue abaixo o texto:

A Alemanha é um país de diversidades, tanto nas marcas de cerveja – mais de cinco mil do Mar do Norte até os Alpes –, quanto no dialeto e temperamento de seus moradores, que variam de acordo com a região. O que muitas pessoas ainda não sabem é que essa heterogeneidade também se faz presente na culinária.

A gastronomia alemã vai muito além do chucrute, das “cucas” (da palavra alemã Kuchen, bolo) e das salsichas acompanhadas pelos mais diferentes tipos de mostarda. Cada região tem suas próprias especialidades, preparadas a partir dos recursos disponíveis.

Uma culinária autêntica e tradicional

Além da carne de porco e das batatas, consumidas com mais frequência por serem produtos baratos e de fácil acesso o ano todo, existem muitos outros que fazem parte do cotidiano dos alemães e que tornam a culinária do país autêntica e tradicional.

Depois do porco, as carnes mais consumidas são a de frango, vitelo, gado, javali e veado – as duas últimas, em geral, provenientes da caça. Há, ainda, variedades de almôndegas de carne, batata e farinha (Knödel), sem contar os tipos de massas Spätzle e Schupfnudeln servidos como acompanhamento.

Encontro com a família do Fritz e a Frida no festival "Ein Prosit" - Florianópolis 2009

O queijo e a manteiga também fazem parte da alimentação diária, como ressalta o chef alemão Heiko Grabolle: “A necessidade de se alimentar com estes produtos, muitas vezes considerados pesados pelos brasileiros, se dá pelos longos invernos e a experiência dos tempos difíceis de guerra e pós-guerra. Hoje, a culinária alemã procura ser mais leve e saudável”, diz Grabolle, que integra a Associação dos Chefes Alemães e a Associação Brasileira de Alta Gastronomia…

Leia mais aqui!

Anúncios

2 Respostas para “Gastronomia alemã e sua diversidade

  1. Hallo Heiko! Moro em recife e sou cozinheira, e minha especialidade aqui também é a culinaria alemã até porquê estou casada com um filho de alemão e tive que aprender a lingua e as tradições também, aqui temos uma comunidade alemã e até a igreja Luterana . Tenho uma Delicatessen há vinte anos, e na cidade, só eu faço as iguarias alemães. Achei bem legal o que você falou, porquê quando falo da patisserie alemã todos se admiram e não imaginam como é rica e que nem só de chucrute vive a gastronomia alemã. Dou aulas na oficina de chefs de Cesar Santos e algumas das aulas foi com tema alemão dar uma olhada e agradeço sua opinião obrigada.

  2. Legal Hellida, gostei dessa. Abraços para Cesar.
    Vc viu, ele vai participar do 5º Cruzeiro Gourmet no ano que vêm….
    Abraços, Heiko.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s