Arquivo da tag: Alemanha

Receita alemã: Heringsbrot – Patê de sardinha

Heringsbrot, ou também chamado pão com sardinha e ovo é um prato típico alemão com peixe de conserva. Ele faz parte da mesma categoria como o Rollmops e pode servido como prato ou entrada fria.

Nunca ouvi falar deste prato na Alemanha, então pesquisei bastante e descobri que é um prato típico dos imigrantes alemãs do sul do Brasil (se alguém tiver mais informações, favor me corrigir!).

Depois de diversas pesquisas e tentativas achei uma receita, mas eu mudei ela um pouco para adaptar melhor ao nosso paladar de hoje. Servi com pão francês e não com pão de forma, como é geralmente feito. Para mim o pão de trigo combina melhor por causa da sua crocância. Ficou delicioso e pessoalmente achei um excelente lanche!!! .

Aproveitem!

Cozinha alemã

Culinária Alemã: Heringsbrot

Ingredientes (receita para aprox. dois pães):

  • 1 lata de sardinha de salmoura
  • 1/2 cebola
  • 20 gramas de bacon
  • 1 colher de sopa de nata
  • 1 colher de sopa de maionese
  • 1 colher de sopa de cream cheese
  • Um pouco de sal e pimenta-do-reino
  • Um pouco de salsa fresca picada, também pode ser cebolinha

Para servir:

  • Ovo cozido
  • Alface verde
  • Pão de trigo fresco

Método do preparo:

Primeiro limpar os filés de sardinha, usar somente os filés. (tem gente que coloca tudo, mas não curto muito, prefiro um patê liso e cremoso sem pedacinhos!)

Em seguida cortar a cebola e o bacon em cubinhos e refogar junto em fogo baixo. Deixar resfriar um pouco e misturar com os filés de sardinha. Em seguida misturar com os outros ingredientes até obter uma textura de patê.

Dica: eu misturei tudo no nosso processador, fica bem melhor do que misturar na mão.

Resfriar o patê antes do preparo.

Para finalizar dispor num pão de trigo fatia de alface, preencher com aproximadamente 50/60 gramas do patê e por cima distribuir fatias de ovo cozido.

Cozinha Alemã

Perfeito para o café de manhã – Heringsbrot

Guten Appetit,

chef alemão Heiko Grabolle.

Senac Restaurante Escola com novo site

Boa notícias para os amantes da Culinária Alemã: Temos um novo site do Senac Restaurante Escola o que facilita de acompanhar o nosso cardápio online!

Senac Restaurante Escola

Senac Restaurante Escola – novo site no ar: restaurante.sc.senac.br                   (Clique na imagem para acessar o site)

Apresentação: O Senac Restaurante-Escola, localizado na cidade de Blumenau em Santa Catarina, está instalado no prédio que hoje abriga também a Casa do Comércio. Seu cardápio apresenta uma releitura evolutiva da culinária germânica, conduzido pelo Chef Heiko Grabolle, com uma diversidade de pratos que passeiam pela culinária dos imigrantes da região de Blumenau e vão até os sofisticados sabores da Alemanha atual.

Cardápio Senac Restaurante Escola

Senac Restaurante Escola – acessa o cardápio online: restaurante.sc.senac.br

Para demais informações estamos a disposição de vocês:

Estamos abertos de segunda a sábado, das 11h30 às 14h, buffet a quilo e de terças a sábado, das 18h às 23h a la carte.

Endereço: Alameda Rio Branco, 165
Centro, Blumenau – SC, 89010-300
Telefone:(47) 3222-0005
Espero vocês…
Abraços,
Chef alemão Heiko Grabolle.

Receita alemã – bolinho de carne alemão (Frikadellen)

Hoje apresento uma receita para vocês que fez muito sucesso no meu restaurante, o bolinho de carne alemão! Uma receita que dependendo da região da Alemanha tem um nome diferente: Frikadellen, Bulette, Hamburger, Fleischklöpse, Fleischpflanzerl, Klops, Fleischküchle, Hacktätschli, Beefsteak, Brisolette, Faschierte Laibchen, Fleischlaberl, etc….

Receita Alemã

Depende da região na Alemanha tem um nome diferente: Frikadellen, Bulette, Hamburger, Fleischklöpse, Fleischpflanzerl, Klops, Fleischküchle, Hacktätschli, Beefsteak, Brisolette, Faschierte Laibchen, Fleischlaberl, etc….

Segue abaixo a receita para 4 pessoas, porção aperitivo:

Ingredientes:

  • 500 gramas de carne moída (usei acém e ficou ótimo: qualidade e preço!)
  • 1 cebola cortada em cubinhos
  • 4 ovos inteiros
  • Aprox. 50 a 100 gramas de farinha de rosca
  • 1/2 maço de cebolinha
  • Ao gosto: sal, páprica doce, pimenta do reino, orégano seco e molho de pimenta

Método de preparo:

Misturar todos os ingredientes e formar bolinhos pequenos. Numa frigideira quente colocar um pouco de óleo e manteiga e fritar os bolinhos dos dois lados até ficarem crocantes.

Servir quente ou frio com mostarda escura e amarela.

Receita alemã

Misturar todos os ingredientes.

Receita alemã

Formar bolinhos pequenos.

Receita alemã

Numa frigideira quente colocar um pouco de óleo e manteiga e fritar os bolinhos dos dois lados até ficarem crocantes.

Guten Appetit,

Chef alemão Heiko Grabolle.

Receita alemã: Maultaschen – tipo ravioli de carne

Ravioli de carne! Quem diria que se trata de uma receita alemã? Mas é! Estamos falando de Maultaschen, original do sul da Alemanha, na verdade da região de Baden-Württemberg e Baviera. Existem diversas versões desta receita, eu gosto assim em formato de ravioli fechado para ficar mais macio. Experimentem!

Receitas da culinária alemã

Receita alemã: Maultaschen – ravioli de carne.

Segue abaixo a receita e fotos passo-a-passo:

Ingredientes:

  • 300 g de farinha de trigo peneirada
  • 2 ovo
  • Aprox. 2 colheres (sopa) de água fria
  • 1 cebola cortada em cubinhos
  • 40 g de manteiga
  • ½ talo de alho poró cortado em cubinhos
  • ¼ de maço de salsas fresca picada
  • 200 g de carne bovina moída
  • 50 g de presunto cozido picado
  • ½ pão francês umedecido com um pouco de leite
  • 100 g de folhas de espinafre pré-cozidas picadas
  • 1 cebola cortada em anéis finos
  • 20 g de manteiga
  • ¼ de cebolinha fina cortada em rodelinhas
  • Aprox. 2 litro de caldo de carne bem temperado

O caldo:

Nesta receita alemã precisa de um bom caldo de carne para dar sabor ao resultado final. Segue abaixo alguns fotos da preparação do meu caldo.

Método de preparo:

Sovar a farinha com os ovos e a água até obter uma massa de macarrão homogênea. Embrulhar e deixar descansar por pelo menos 1 hora na geladeira.

Numa frigideira refogar a cebola com a manteiga por alguns minutos. Acrescentar o alho poró e a salsa. Refogar por mais alguns minutos. Retirar a frigideira do fogão e acrescentar a carne moída crua, o presunto, o pão e o espinafre. Misturar esses ingredientes e deixar resfriar na geladeira.

Abrir a massa de macarrão numa espessura fina e cortar discos de 10 cm de diâmetro. Colocar uma colher (sopa) do recheio no centro de cada disco. Molhar as bordas do disco com água e fechar no formato de meia lua. Ferver no caldo em fogo baixo (8- a 90ºC) por aproximadamente 10 a 15 minutos os raviolis. Fritar a cebola em rodelas na manteiga e acrescentar junto com a cebolinha fresca aos raviolis. Para finalizar servir os raviolis num prato fundo com cebolas e ervas.

Receitas da culinária alemã

Tostar cebolas para o caldo, para criar cor e sabor.

Receitas da culinária alemã

Caldo bom e simples é assim: Carne de boa qualidade, legumes, ervas e temperos.

Receitas da culinária alemã

Ferver tudo em fogo baixo por aproximadamente 2 horas. Depois peneirar.

Receitas da culinária alemã

Farinha de trigo, ovos, água e um pouco de sal.

Receitas da culinária alemã

Sovar a farinha com os ovos e a água até obter uma massa de macarrão homogênea. Embrulhar e deixar descansar por pelo menos 1 hora na geladeira.

Receitas da culinária alemã

Numa frigideira refogar a cebola com a manteiga por alguns minutos.

Receitas da culinária alemã

Acrescentar o alho poró e a salsa. Refogar por mais alguns minutos.

Receitas da culinária alemã

Fritar até ficar caramelizado.

Receitas da culinária alemã

Retirar a frigideira do fogão e acrescentar a carne moída crua, o presunto, o pão e o espinafre. Misturar esses ingredientes e deixar resfriar na geladeira.

Receitas da culinária alemã

Misturar esses ingredientes e deixar resfriar na geladeira.

Receitas da culinária alemã

Abrir a massa de macarrão numa espessura fina.

Receitas da culinária alemã

Cortar discos de 10 cm de diâmetro. Colocar uma colher (sopa) do recheio no centro de cada disco. Molhar as bordas do disco com água e fechar no formato de meia lua.

Receitas da culinária alemã

Ferver no caldo em fogo baixo (8- a 90ºC) por aproximadamente 10 a 15 minutos os raviolis.

Receitas da culinária alemã

Fritar a cebola em rodelas na manteiga e acrescentar junto com a cebolinha fresca aos raviolis.

Receitas da culinária alemã

Para finalizar servir os raviolis num prato fundo com cebolas e ervas.

Guten Appetit,

Abraços,

Chef alemão Heiko Grabolle.

O ano da Alemanha no Brasil

Finalmente, após o ano da França no Brasil em 2009 e o ano da Itália no Brasil em outubro de 2011 até junho de 2012 vamos ter o ANO DA ALEMANHA NO BRASIL!

O ano de parceria começa em maio de 2013 e vai até maio de 2014, logo antes da Copa do Mundo.

Alemanha Brasil

Logo oficial – Ano da Alemanha no Brasil 2013-2014/ “Quando ideias se encontram”

O ano tem como missão aproximar e desenvolver as relações entre os dois países. Com mais visibilidade à cooperação a ideia é incentivar novas parcerias e fortalecer as estrutras já existente. O slogan oficial do ano é: “Quando ideias se encontram”.

Além da longa tradição das relações entre a Alemanha e Brasil, vejo que ambos as países podem ter a chance de quebrarem os paradigmas de um país de festa X um país muito conservador. Os brasileiros trabalham sim, e muito, e os alemães sabem fazer suas festas também.

Não precisa muito tempo para perceber que o Brasil oferece muitas oportunidades. Logo que cheguei aqui encontrei o meu espaço e hoje trabalho  apresentando a cozinha alemã contemporânea, porque existe muito mais do que marreco recheado e chucrute!!!

E falando em “muito mais do que marreco recheado e chucrute“, este ano eu tenho a minha homenagem e será uma grande surpresa para quem gosta da cozinha alemã!!! Aguardem!!!

Alemanha Brasil

O Cristo nas cores da Alemanha. Fonte da foto: Daniel Ramalho / Terra.

O dia 03 de outubro é o dia nacional da Alemanha e também é o dia da unificação das duas Alemanhas. Em 03/10/2012 o Rio de Janeiro homenageou a Alemanha iluminando o Cristo Redentor com as cores da bandeira do país consolidando e anunciando também o ano de parceria da Alemanha no Brasil em 2013/2014.

Eu estou entusiasmado para este ano que se prepara. Para quem quer mais informações sobre o evento pode acessar o site alemanha-e-brasil.org.

Desejo muito sucesso! Viel Erfolg und alles Gute,

chef alemão Heiko Grabolle.

Porque os alemãs gostam tanto de lingüíça e salsicha?

Alemanha é um dos países com o maior consumo em salsichas, lingüíças e embutidos. Todos estes produtos tem um só nome em alemão: Wurst.

Lingüíças alemãs

Existem mais de 1.500 tipos de embutidos e defumaods na Alemanha!

Se imagina que os alemães tem hoje uma variedade de mais de 1.500 tipos de Wurst. E os alemães apreciam eles frios, grelhados, fritos, cozidos , etc. Wurst faz parte do cardápio do dia, isto é, pode ser consumido no café de manhã, no almoço e no jantar. Substituindo a carne principal nos pratos principais.

Salsicha alemã

Wurst faz parte do cardápio durante todo o dia.

Aí vem a pergunta, porque tanta variedade, tantos tipos de Wurst na culinária alemã? A resposta até é fácil: Necessidade de sobrevivência! A mais de 2.000 anos surgiu a técnica de rechear as tripas de animais com uma preparação relativamente barata com a possibilidades de mistura diferentes sabores. E assim foi possível um melhor aproveitamento das partes da carne menos desejadas como miúdos, orelha e etc. Junto com sal e outros condimentos era mais fácil de conservar as carnes, que pode ser de suína, bovina, ovina, caprina e até aves.

Salsichas alemãs

Lingüíça tipo Blumenauense da marca Olho de Pomerode.

Existe uma frase famosa de Otto von Bismarck, chanceler do império alemão (1815-1898): “Je weniger die Leute wissen, wie Würste und Gesetze gemacht werden, desto besser schlafen sie! traduzido: Quanto menos as pessoas souberem como são produzidas as salsichas e as leis, melhor elas dormem!”

Mas hoje em dia há a preocupação de saúde e o que um dia foi fruto da necessidade de aproveitamento recebe renovação e ganha cada vez mais destaque na culinária alemã, pois aparecem produtos light, feitos de aves e até de avestruz. Embutidos são cada vez mais utilizados na alimentação e fazem parte do cardápio de todas as classes sociais.

Salsichas alemãs

Bratwurst, uma salsicha suína, de cor branca, levemente temperada e grelhada.

De todos os tipos de Wurst que existe a que eu mais gosto é da Bratwurst, uma salsicha suína, de cor branca, levemente temperada e grelhada.

Abraços a todos,

chef alemão Heiko Grabolle.

Leia também: Salsichas alemãs.

Aspargo – tradicional na primavera alemã

Aspargo, chamdo “Spargel” em alemão, faz parte da culinária alemã desde da idade média, mas também é conhecido em toda região de Europa.

O “Spargel” nasce mais ou menos 35 cm embaixo da terra e recolhido na Alemanha entre abril até junho. Com sabor neutro e fresco combina perfeitamente com molhos a base de ovo e queijo e legumes como batata e cenoura.

Pessoalmente adoro e quando eu quero matar saudade desde legume aqui no Brasil compro esta iguaria em conserva. Uso o em saladas ou com molho holandês e batatas cozidas. Porém cuidado, pré-cozido fica mais frágil e se desmancha fácil.

Abaixo segue alguns tipos de aspargo que você pode encontrar na Alemanha. O preço varia conforme sua forma e cor.

Observações: Você sabe quais estão as diferenças entre o aspargo branco e verde?

Resposta: O aspargo branco cresce embaixo da terra e o aspargo verde acima. O aspargo verde faz fotossíntese e assim contém mais vitaminas, neste caso pode-se considerar que ele é mais saudável do que o branco.

Weisser Spargel

Na época certa na Alemanha você encontra os tipos de aspargo em todos os supermercados ou nas vendedoras nas ruas.

Para quem gosta de aspargos fique atento porque num dos próximos post vou publicar uma receita “especial” com Spargel” !

Até lá, abraços e boa leitura no blog,

Chef alemão Heiko Grabolle.