Arquivo da tag: Eisbein

Dicionário Gastronômico Alemão – aprenda as palavras mais importantes da cozinha alemã

Quer se dar bem na cozinha alemã? Além das “palavrinhas mágicas” de educação: Bitte, Entschuldigung e Danke, aprenda também a pedir os alimentos básicos da gastronomia alemã e ter uma experiência única.

Cozinha alemã

Entschuldigung, eine Bockwurst mit Kartoffelsalat und ein Bier für mich bitte. Danke!

Português Alemão
Água com gás Sprudel
Água sem gás Stilles Wasser
Almoço Mittagessen
Arroz Reis
Batata Kartoffel
Bebida Getränke
Bolinhas de batata Knödel
Bolo doce Kuchen
Carne Fleisch
Carne Bovina Rindfleisch
Cerveja Bier
Cozinhar kochen
Cuca Blechkuchen
Desculpe Entschuldigung
Feijão Bohnen
Frango Geflügelfleisch
Jantar Abendessen
Joelho de porco Eisbein
Legumes Gemüse
Leite Milch
Lingüiça Wurst
Manteiga Butter
Marreco Ente
Molho Sauce
Obrigado Danke
Pães Brot
Peixe Fisch
Por favor Bitte
Porco Schweinefleisch
Salada Salat
Salada Maionese Kartoffelsalat
Salsicha Bock Bockwurst
Sobremesa Nachtisch
Vinho Wein

Uma boa viagem!

Abraços,

Chef alemão Heiko Grabolle.

Cuca alemã – uma tradição germânica

Quem fala em culinária alemã logo vai citar pratos como joelho de porco (Eisbein), marreco recheado (Gefüllte Ente) ou chucrute (Sauerkraut). Mas é claro que não pode faltar a cuca alemã!  A cuca alemã é  uma massa doce, praticamente um bolo-pão que se tornou famosa no Brasil é ótimo para inicinates da cozinha.

Cuca original

A cuca alemã alemã se tornou famosa no Brasil é ótimo para inicinates da cozinha.

A cuca alemã degustada no Brasil é o “Blechkuchen” degustado na Alemanha, os tradutores automáticos em geral direcionam para “Kuchen“, mas na Alemanha refere-se a bolo ou torta.

Blechkuchen” que é um bolo raso feito geralmente em uma assadeira de alumínio que tem duas ou três camadas (a nossa tradicional cuca):

  • 1ª camada: mistura doce de farinha
  • 2ª camada: alguma fruta ou geléia
  • 3ª camada: uma farofa crocante

Não existe nenhuma receita básica para a cuca alemã mas uma coisa é certa: todas as misturas levam: farinha de trigo, manteiga, açúcar, ovo e fermento.

Importante dizer que antigamente a cuca alemã era um prato raro que só era servido em ocasiões como Natal, Páscoa, dias nacionais, etc. Porque a máteria prima principal, a farinha, era cara. Só mais tarde a cuca alemã se tornou popular em toda Alemanha e sempre foi servida com as frutas da sua estação como damasco, ameixa, pêras, maçãs, cerejas, etc. A receita pode ser enrriquecida com  ingredientes mais finos como creme de leite, queijo fresco (cream cheese) e/ou queijo quark, por exemplo.

Cuca original

A cuca alemã degustada no Brasil é o “Blechkuchen” degustado na Alemanha.

Com os Imigrantes alemães esta sobremesa típica foi reconhecida no mundo inteiro. os fatores que alavancaram seu sucesso foram a praticidade do preparo e o custo dos ingredientes e que oferece um sabor netro podendo combinar com qualquer fruta ou geléia da região.

Segue minhas receitas preferidas de cuca alemã:

Desenvolva a sua cuca alemã com o recheio que mais lhe apetece.

Guten Appetit,

chef alemão Heiko  Grabolle.

Receita alemã: Joelho de porco

Mais uma receita clássica alemã para aqueles que gostam da culinária germânica, o famoso Eisbein, o joelho de porco! Este prato típico pode ser encontrado em duas versões, assado ou cozido. Recomendo experimentar ambos as versões!!!

Segue abaixo a receita do joelho de porco na versão cozida:

Receita alemã

Receita alemã: Joelho de porco com salsichas e chucrute

Foto: Michel Teo Sin

Ingredientes para 4 pessoas:

  • 8 peças de joelho de porco Olho Embutidos e Defumados de aproximadamente 150g cada (já cortados)
  • 1 salsicha branca e 1 salsicha vermelha Olho
  • 2 colheres de colher de sopa colorau
  • 1 boque garni (ervas como salsa, louro e alecrim amarradas)
  • Sal e pimenta do reino ao gosto
  • Legumes picles
  • Chucrute já cozido
  • Molhos: mostarda amarela e escura Zilse e catchup temperado

Modo de preparo:
Numa panela grande, colocar os joelhos, o colorau, o boque garni, sal e pimenta do reino. Ferver os joelhos por uma hora e meia. Verificar o sabor e a consistência da carne. Caso necessário, ferver a carne por mais 10 a 15 minutosRetirar e servir com chucrute e salsichas cozidas. Para completar o prato decorar com legumes picles.

Molhos para acompanhar podem ser mostarda amarela e escura e catchup temperado.

Obs: Você também pode assar os joelhos de porco (Eisbein), depois de cozidos, num forno em temperatura alta, por cerca de 30 minutos para deixar mais crocante.

Guten Appetit,

chef alemão Heiko Grabolle.

Para mais receitas alemãs acesse: As minhas receitas alemãs