Arquivo da tag: imigrantes

Cozinha alemã em Blumenau

Num outro post falei como a Culinária dos imigrantes alemãs faz parte da gastronomia brasileira e agora é a vez de resgatar a importância histórica e fortalecer o consumo da rica culinária alemã.

Chef alemão

Culinária dos imigrantes alemãs faz parte da gastronomia brasileira

Como alguns dos meus amigos e colegas já sabem eu acabo de assumir a cozinha do Senac restaurante-escola de Blumenau. Aberto desde 2005, o restaurante está localizado na Casa do Comércio, prédio histórico que abrigou a primeira maternidade da cidade.

Chef alemão

…já é possível provar os pratos tradicionais de grande sucesso como marreco recheado, Kassler, linguiça Blumenau, repolho roxo, purê de maçã, Spätzle, Goulash, batatas gratinadas, entre outros..

O restaurante está se reestruturando e no cardápio do almoço já é possível provar os pratos tradicionais de grande sucesso como marreco recheado, Kassler, linguiça Blumenau, repolho roxo, purê de maçã, Spätzle, Goulash, batatas gratinadas, entre outros. A novidade é que será implantado nas próximas semanas um cardápio diferente para o jantar – uma releitura da Gastronomia Alemã, ou seja, receitas originais da Alemanha atual, receitas dos imigrantes, mas produzidos com os ingredientes dos produtores regionais.

Este trabalho está sendo um grande prazer! Estou podendo trabalhar Gastronomia Alemã atual, conhecer cada vez mais a cozinha dos imigrantes alemães e usar os ingredientes regionais numa releitura sem igual. Tudo isso neste país que me acolheu tão bem.

Chef alemão

A minha nova casa Restaurante-Escola Senac localizada na Casa do Comércio em Blumenau

Segue abaixo o endereço da minha nova casa Senac Restaurante-Escola Blumenau localizada na Casa do Comércio no centro de Blumenau (SC):

Senac Restaurante-Escola Blumenau
Endereço: Alameda Rio Branco, 165
Centro, Blumenau – SC, 89010-300
Telefone:(47) 3222-0005

Aberto de segunda a sábado, das 11h30 às 14h, buffet a quilo e de terças a sábado, das 18h às 23h a la carte.

Aguardo a visita de vocês, abraços!

Chef alemão Heiko Grabolle

Anúncios

Pato ou marreco afinal?

Pato ou marreco? Qual é a diferença? Uma pergunta comum quando se fala da culinária germânica.

Marreco recheado

Pato ou Marreco? Uma pergunta comum quando se fala da culinária germânica.

Na verdade são duas raças diferentes, porém na comercialização do produto no Brasil o animal que é vendido vem de uma mesma raça. Embora existam embalagens com ambas as nomenclaturas. Ai o consumidor se pergunta: Mas porque está escrito em uma embalagem Marreco e na outra Pato se é o mesmo animal?

Marreco recheado

Marreco recheado geralmente acompanha repolho roxo, batatas e purê de maçã.

É simples: se trata de uma expressão regional! Os alemães consumiam o marreco na Alemanha de uma raça que não existe no Brasil, morando no Brasil então, buscaram uma raça semelhante: o Pato de Pequim (animal branco de bico amarelo), porém continuavam chamá-lo de marreco, pois foi preparado e cozido da mesma maneira que o marreco da Alemenha.

Marreco recheado

Marreco recheado geralmente acompanha repolho roxo, batatas e purê de maçã.

A indústria produz o pato, mas se adaptou e para a satisfação dos imigrantes alemães usa a nomenclatura “marreco” nas embalagens. Para quem sabe, compra pato. Mas a cultura é tão presente que até hoje podemos encontrar ambos as nomenclaturas nas embalagens, mas é o mesmo animal.

Fonte: Google e site oficial da Villa Germania (maior produtor de carne de pato na América Latina)

Curiosidade: Tem pessoas que até dizem que o sabor das aves é diferente se for comprar marreco e pato, mas pode acreditar que não é. No Brasil a “grande maioria” comercializado de marrecos e patos vem da raça Pato de Pequim.

Outra curiosidade: A empresa Villa Germania, a maior produtora de carne de pato no país e América Latina é o único que possui o S.I.F. (Serviço de Inspeção Federal). A carne de sol de pato em Maceió, o marreco de Blumenau e o famoso pato Tucupi são todos a mesma ave brasileira: Pato de Pequim.

Viva a gastronomia brasileira!

Abraços,

chef alemão Heiko Grabolle.

Strogonoff de marreco

Quem gosta da culinária alemã dos imigrantes sabe que o marreco recheado é um dos principiais pratos que representa os alemães no Brasil. Nesta receita alemã abaixo quero mostrar para vocês que também existem outras formas de usar o marreco: que tal num strogonoff???

Strogonoff

Strogonoff de marreco – Entenstroganoff em alemão

Provem e depois comentem o que acharam!

Ingredientes:

  • 1 marreco (ou pato) inteiro
  • 80 ml de óleo de canola
  • 1 kg de batata rosa
  • 1 cebola
  • 300 gramas de champignon de conserva
  • 2 dentes de alho
  • Aprox. 1 litro de caldo de carne
  • Sal e pimenta do reino ao gosto
  • Duas colheres (de chá) de páprica
  • Linguiça Blumenau se quiser!

Método de preparo:

Lavar o marreco e cortar em 4 pedaços. Temperar com um pouco de sal e pimenta do reino e fritar em óleo por todos os lados numa panela grande até ficarem tostados. Adicionar os temperos e água fria até cobrir os pedaços. Ferver por mais ou menos uma hora. Adicionar o bouquet garni e cozinhar por mais 30 minutos. Retirar os pedações de marreco e deixar resfriar. Desfiar a carne.

Cortar a cebola em tiras. A batata em cubos maiores e descascar o alho. Refogar tudo com um pouco de óleo numa panela. Misturar sempre até a cebola ficar refogada. Em seguida adicionar somente a metade do caldo de carne na panela e deixar ferver uma vez.

Separadamente fritar novamente o marreco desfiado numa frigideira.

Juntar tudo, temperar com sal, pimenta do reino, páprica doce e acrescentar o restante do caldo. Ferver por aproximadamente 30 minutos, mexendo de vez em quando. Engrossar com maisena e verificar o sabor.

P.S.: Quem quiser também pode acrescentar Linguiça Blumenau na hora de fritar o marreco, fica a dica!

Servir com arroz, purê de batatas, salda ou repolho refogado.

Guten Appetitt,

Chef alemão Heiko Grabolle.

12º Oktobertanz em São Pedro de Alcântara/SC

Muitos me perguntam onde e quando poderiam degustar um dos pratos elaborados por mim, a 12ª Oktobertanz é um excelente momento.

Clique para ampliar

A OKTOBERTANZ é um evento cultural festivo, tradicional germânico, que preserva as características de festa familiar. Situada na primeira colônia alemã de Santa Catarina, São Pedro de Alcântara.

Vai ter música e danças típicas, muita cerveja e uma excelente oferta da comida alemã. Os cardápios de sábado e domingo são assinados pelo meu parceiro Alzir Krauss da empresa Imigrantes Buffet e eu, Chef alemão Heiko Grabolle.

Estes são alguns dos pratos servidos no evento: Eisbein, Bockwurst, Bratwurst, Apfelmus, Rotkohl, … e a famosa Galinha Recheada de São Pedro de Alcântara.

Segue cronograma da 12ª Oktobertanz:

  • Dia 22.09 (sábado)
  • 20h30: Jantar Dançante (assinado por Imigrantes Buffet e Chef alemão Heiko Grabolle) – Entrada R$ 25,00
  • 23h30 – Baile com a Banda Orquestra Continental (Itapiranga – SC) Palco 1
  • Dia 23.09 (Domingo)
  • 09h00 às 10h30 – Missa Festival- Igreja Matriz
  • 10h30 às 11h30 – Desfile oficial da Oktobertanz – Ruas Centrais
  • 12h00 às 15h30 – Almoço com Gastronomia Alemã (assinado por Imigrantes Buffet e Chef alemão Heiko Grabolle ) – Salão Principal
  • 12h00 às 14h30 – Banda Heimatland (São Bonifácio/SC) – Palco 2
  • 12h00 às 16h00 – Banda Freunde Misikanten (Blumenau/SC) – Tenda Biergarten, Palco 4
  • 12h00 às 15h30 – Banda Oktobertanzapelle (Blumenau/SC) – Palco 1
  • 14h00 às 16h00 – Apresentações de Danças Folclóricas – Palco 2
  • 09h00 às 18h00 – Café com Cuca Alemã – Tenda Biergarten
  • 16h00 às 18h – Banda Heimatland (São Bonifácio/SC) – Palco 2
  • 16h00 às 19:30 – Banda Orquestra Continental (Itapiranga – SC) Palco 1

Agurado vocês lá!

abraços chef alemão Heiko Grabolle

O chef alemão dentro das redes sociais

Instagram, Facebook ou Twitter, se você se interesse pela culinária alemã pode me seguir nas redes sociais e curtir. Os temas variam entre receitas da culinária dos imigrantes e da autêntica cozinha alemã de hoje, eventos, produtos, tendências e muitos mais;

Segue abaixo os links:

Chef alemão no Instagram

Chef alemão no Facebook

Facebook – Clique sobre a foto para acessar o site.

Chef alemão no Twitter

Twitter – Clique sobre a foto para acessar o site.

Abraços e boa diversão,

Chef alemão Heiko Grabolle.