Arquivo da tag: Streuselkuchen

Cuca alemã – uma tradição germânica

Quem fala em culinária alemã logo vai citar pratos como joelho de porco (Eisbein), marreco recheado (Gefüllte Ente) ou chucrute (Sauerkraut). Mas é claro que não pode faltar a cuca alemã!  A cuca alemã é  uma massa doce, praticamente um bolo-pão que se tornou famosa no Brasil é ótimo para inicinates da cozinha.

Cuca original

A cuca alemã alemã se tornou famosa no Brasil é ótimo para inicinates da cozinha.

A cuca alemã degustada no Brasil é o “Blechkuchen” degustado na Alemanha, os tradutores automáticos em geral direcionam para “Kuchen“, mas na Alemanha refere-se a bolo ou torta.

Blechkuchen” que é um bolo raso feito geralmente em uma assadeira de alumínio que tem duas ou três camadas (a nossa tradicional cuca):

  • 1ª camada: mistura doce de farinha
  • 2ª camada: alguma fruta ou geléia
  • 3ª camada: uma farofa crocante

Não existe nenhuma receita básica para a cuca alemã mas uma coisa é certa: todas as misturas levam: farinha de trigo, manteiga, açúcar, ovo e fermento.

Importante dizer que antigamente a cuca alemã era um prato raro que só era servido em ocasiões como Natal, Páscoa, dias nacionais, etc. Porque a máteria prima principal, a farinha, era cara. Só mais tarde a cuca alemã se tornou popular em toda Alemanha e sempre foi servida com as frutas da sua estação como damasco, ameixa, pêras, maçãs, cerejas, etc. A receita pode ser enrriquecida com  ingredientes mais finos como creme de leite, queijo fresco (cream cheese) e/ou queijo quark, por exemplo.

Cuca original

A cuca alemã degustada no Brasil é o “Blechkuchen” degustado na Alemanha.

Com os Imigrantes alemães esta sobremesa típica foi reconhecida no mundo inteiro. os fatores que alavancaram seu sucesso foram a praticidade do preparo e o custo dos ingredientes e que oferece um sabor netro podendo combinar com qualquer fruta ou geléia da região.

Segue minhas receitas preferidas de cuca alemã:

Desenvolva a sua cuca alemã com o recheio que mais lhe apetece.

Guten Appetit,

chef alemão Heiko  Grabolle.

Anúncios

Receita alemã: cuca alemã com ameixa

De origem alemã as cucas estão típicas na culinária alemã. A receita abaixo é de uma cuca de ameixa chamada “Pflaumenkuchen”. É uma massa simples a base de farinha, ovo, açúcar e fermento coberta com tiras de ameixas. Claro que também podem ser usados outras frutas, mas isto fica conforme desejo de cada um. Segue abaixo a receita da “Pflaumenkuchen” a cuca alemã de ameixa.

Observação: há inúmeras versões de receitas de cucas e principalmente de suas massas. As vezes se parece com a massa de pão e as vezes como a massa podre. Outros adicionam o Streusel (a farofa) por cima. (Mas o resultado deve ser um doce feito de uma mistura com alguma cobertura assada). Bom apetite!

Pflaumenkuchen

Cuca de ameixa - chamada "Pflaumenkuchen”.

Ingredientes:

  • 40 g de fermento fresco
  • 250 ml de leite morno
  • 100 g de açúcar
  • 500 g de farinha de trigo peneirada
  • 1 pitada de sal
  • 1 ovo
  • 75 g de manteiga
  • 2 kg de ameixas pretas sem semente cortada em gomos

Método de preparo:

Misturar o fermento fresco com o leite morno e o açúcar, deixar descansar por alguns minutos. Após 10 a 15 minutos colocar a farinha e o sal numa tigela e adicionar a mistura do leite. Acrescentar o ovo e a manteiga e sovar a massa até ficar homogênea. Deixar descansar por pelo menos 30 minutos.

Espalhar a massa numa fôrma retangular, deixar o centro mais baixo que as laterais para colocar os gomos das ameixas em pé. Pulverizar um pouco de açúcar por cima das ameixas e deixar descansar por 10 minutos. Assar no forno pré-aquecido a 200°C por aproximadamente 25 a 30 minutos. Dica: Servir morno com chantilly ou sorvete de creme por cima.

Pflaumenkuchen

Cuca de ameixa - coberta com tiras de ameixas.

Guten Appetit,

chef alemão Heiko Grabolle.

Para conhecer mais receitas alemãs acesse: As receitas do chef alemão | Chef Heiko Grabolle

Receita alemã: Cuca de cereja e banana

Kirsch – Bananen – Kuchen é uma receita alemã que é um tipo de uma cuca. Esta abaixo é uma adaptação que foi acrescentada a banana-nanica, muito comum no Brasil. Minha sugestão é o acréscimo de chantilly e cerejas frescas na hora de servir.

Receita alemã

Minha sugestão é o acréscimo de chantilly e cerejas frescas na hora de servir.

Ingredientes para o recheio e cobertura

  • 150 gramas cerejas limpos (sem caroço) cortado ao meio
  • 6 bananas-nanicas
  • 150 gramas de açúcar
  • 180 gramas de farinha de trigo
  • 1 colher (sopa) de canela em pó
  • 60 gramas de manteiga (temperatura ambiente)

Método de preparo:

Descascar as bananas e cortar em rodelas. Reservar. Derreter num banho-maria a manteiga. Colocar em outra tigela o açúcar, a farinha de trigo, a canela em pó e a manteiga derretida e misturar com as mãos até virar uma farofa. Reservar.

Ingredientes para a massa:

  • 4 ovos;
  • 60 gramas de manteiga;
  • 250 gramas de farinha de trigo peneirado;
  • 150 gramas de maisena peneirada;
  • 1 colher (sopa) de fermento em pó;
  • 180 ml de leite;
  • 4 colheres (sopa) de conhaque;
  • 1 pitada de sal;
  • 320 gramas de açúcar;
  • Manteiga e farinha de trigo para untar e polvilhar.

Método de preparo:

Ligar o forno a 180ºC (temperatura média). Untar uma forma de fundo removível (própria para tortas) de 22 cm de diâmetro com manteiga e polvilhar com um pouco de farinha de trigo. Reservar.

Na batedeira, juntar as gemas, o açúcar e a manteiga e bater por 5 minutos em velocidade alta até obter um creme esbranquiçado. Acrescentar a farinha de trigo e a maisena, alternando com o leite. Colocar o conhaque e o fermento e bater por mais 1 a 2 minutos. Retire a massa da batedeira e reservar. Bater as claras separadamente até o ponto neve. Incorpore-as delicadamente à massa reservada e misturar com uma colher.

Na forma untada, despejar metade da massa. Cobrir com metade das rodelas de bananas e cerejas e polvilhar um pouco da farofa. Colocar a massa restante por cima e acrescentar outra camada de bananas e cerejas. Polvilhar com a farofa restante. Assar por cerca de 60 a 80 minutos ou até que a massa começar a se desprender da lateral da forma e a superfície ficar dourada.

Retirar do forno e servir morno ou frio com chantilly.

Receita alemã

Servir morno ou frio com chantilly.

Guten Appetit,

Chef alemão Heiko Grabolle.

Para conhecer mais receitas alemãs acesse: As receitas do chef alemão | Chef Heiko Grabolle