Arquivo da tag: Waffeln

Salsichas alemãs e Waffeln no Festival da Cerveja de Blumenau

Agora falta pouco menos de um mês para o Festival da Cerveja de Blumenau e já é hora de muito trabalho!

Meu Stand no Festival da Cerveja em 2015

Neste ano, estaremos lançando a edição do Waffel com Nutella, que está ainda mais deliciosa. O Waffel é uma receita típica alemã e você pode conferir minha receita no link.

Waffel de Doce de Leite

Nós otimizamos esse prato para que fosse servido na Oktober, comida de rua, para comer de pé. Assim ele ganhou uma embalagem. Eu e minha equipe desenvolvemos um método de produção para que ele fosse feito na hora, sempre fresquinho. Foi o maior sucesso, foi o 5º prato favorito da Oktoberfest de Blumenau em 2015.

Comemoro meu 4º ano de Festival da Cerveja, e também o 4º ano de salsichas alemãs no Festival!!! Bockwurst 30cm, Bratwurst, Currywurst e Krakauer, vai ter salsicha que não acaba mais!!!

Salsicha alemã

Bratwurst

Estão todos convidados!! O Festival acontece nos dias 9, 10, 11 e 12 de março.
E os ingressos já estão disponíveis no site: www.festivaldacerveja.com.br/ingressos

Abraços,

chef alemão Heiko Grabolle.

Receita alemã: Waffle com sorvete e molho de vinho tinto quente

Uma sobremesa típica alemã que garante sucesso: Waffle com sorvete e molho de vinho tinto quente – Waffeln mit Vanillie-eis und heisser Rotweinsosse!

Receita alemã

Receita alemã: Waffle com sorvete e molho de vinho tinto quente - Waffeln mit Vanillie-eis und heisser Rotweinsosse

Foto: Michel Téo Sin

O nome em alemão já é um pouco difícil. Para um brasileiro, pronunciar é quase impossível (a não ser que tenha descendência alemã). Mas a tradução sempre dá água na boca: waffle com sorvete de baunilha e molho de vinho tinto quente, receita típica da região da Renânia do Norte, na Vestfália. Segue abaixo a receita alemã:

Ingredientes para 10 waffles:

  • 150 g de açúcar
  • 250 g de manteiga
  • 1 pitada de sal
  • 3 ovos (separar gema e clara)
  • 20g de açúcar de baunilha
  • 100 g de amido de milho (Maizena)
  • 150 g de farinha de trigo
  • Uma pitada de fermento químico
  • 4 colheres de sopa de leite

Método de preparo:

Bater o açúcar e a manteiga até ficar cremoso. Adicionar o sal, as gemas, o açúcar de baunilha, amido, farinha de trigo e o fermento aos poucos. Por último, misturar o leite até obter uma massa não muito líquida e adicionar as claras batidas em neve. Com uma concha colocar um pouco da massa num ferro típico e assar os waffers até que ficam levemente dourados.

 

Para o molho de vinho tinto

Ingredientes

  • 300 g de açúcar
  • 150 ml de suco de laranja
  • 400 ml vinho tinto demi-seco
  • 2 anis estreladas
  • 1 pequeno pau de canela
  • Um pouco de amido (Maizena)

Método de preparo

Numa panela média (de preferência de inox) caramelar o açúcar sem mexer. Quando estiver levemente dourado, adicionar o vinho, o suco de laranja, o anis estrelado e o pau de canela. Cuidado para não queimar! Deixar ferver tudo até o açúcar caramelizado derreter por completo (caso necessite, adicionar um pouco de água). Quando o liquido estiver transparente, engrossar com um pouco de amido até obter uma consistência de um molho.

Como servir

Colocar uma bola de sorvete sobre o waffer e cobrir com o molho de vinho ainda quente.

Guten Appetit,

chef alemão Heiko Grabolle.

Para mais receitas alemãs acesse: As receitas do chef alemão | Chef Heiko Grabolle

Sucesso no 7º Festival Gastronômico de Pomerode

No mês passado participei do 7º Festival Gastronômico, atração que fez parte da quarta edição da Pomeroder Winterfest, realizada em Pomerode, no Vale do Itajaí Catarinense.

Equipe do Box 7 - Cervejaria Schornstein e chef Heiko

De terça-feira (19/07) a domingo (24/07), oferecemos aos  clientes Waffeln mit Vanillie-eis und Rotweinsosse (em português, waffle com sorvete de baunilha e molho de vinho tinto quente) e Spätzle, um prato típico alemão: o macarrão alemão caseiro.

Workshop durante o evento no stand da Muller

Apresentei três aulas-shows para o público no Espaço Mueller, nestas apresetações procuro falar de gastronomia de uma forma diferente, alegre, divertida, usando um novo estilo. E isso chamou muito a atenção do público. Aproveitei para fazer pratos com ingredientes produzidos pelos meus parceiros comerciais, a Villa Germania (maior produtor de carne de pato da América Latina), Zilse (conservas) e Olho (embutidos e defumados). Em todas as aulas, distribuid produtos estes parceiros para o público, que acredito foram muito bem recebidos. Seguem abaixo mais fotos.

O contato com o público é fundamental para envolve-los na gastronomia.

Momento de degustação

O público faz parte do show.

Olho, Zilse e Villa Germania - Grandes Parcerias

Distribuição de produtos dos parceiros ao público.

Equipe da Muller sempre presente.

Pose final com o auxiliar Ricardo que foi um grande apoio

Abraços,

chef alemão Heiko Grabolle.