Culinária dos imigrantes alemães faz parte da gastronomia brasileira

Há mais de 180 anos que os alemães iniciaram a imigração ao Brasil. E na bagagem, além de poucos pertences trouxeram hábitos e receitas que podemos provar hoje em algumas cidades como Pomerode, Blumenau, Santa Cruz do Sul e Campos do Jordão, por exemplo.

Cozinha dos imigrantes alemãs

Culinária dos imigrantes alemãs faz parte da gastronomia brasileira.

Eu fico muito contente de ver como estas receitas se fixaram e se adaptaram neste país cheio de sabor, cor e aroma. É fácil de ver a técnica da receita misturada com os ingredientes brasileiros. Eu celebro isso!

Acredito que o principal desafio era cultivar e adaptar as receitas a oferta de novos produtos, sofrendo assim algumas alterações. Hoje esta evolução faz parte da culinária brasileira listando, por exemplo, o marreco recheado, joelho à pururuca, truta com pinhão, rocambole de maçã (Apfelstrudel), o leitão assado, a batata recheada, o macarrão caseiro (Spätzle), o peixe em conserva (Rollmops), as diversas cucas com frutas ou cremes, as ricas tortas como a Floresta Negra e Torta Alemã, diversos tipos de linguiças e salsichas como Bock, Weiss e lingüiça tipo Blumenau, etc….

Culinária dos imigrantes alemãs

Salsicha branca, chamada Bratwurst em alemão.

E claro, não podemos nos esquecer da cerveja que é a bebida nacional do Brasil. Com o crescimento gastronômico houve uma valorização da lei de pureza fazendo surgir novas marcas e a degustação virou alvo da gastronomia. Encontramos hoje muitas ofertas e diversos sabores de cerveja no Brasil.

Com a tradição a culinária dos imigrantes alemães no Brasil manteve-se ligada a preparações de receitas que carregam nata, manteiga, bacon, carne de porco, muitos miúdos, queijos, conservas, embutidos, etc., pois era o tipo de alimentação típica para o clima alemão: frio rigoroso com pouco sol.

Algumas receitas sofreram adaptação com o clima no Brasil que ofereceu ingredientes leves, a exemplo das cucas que receberam outras frutas além das maçãs e cerejas, como bananas, carambola, abacaxi, pêssego, coco, etc.

Culinária dos imigrantes alemãs

As culturas de imigrantes estão sofrendo transformações.

Hoje com a evolução da gastronomia no Brasil todas as culturas de imigrantes estão sofrendo transformações e redefinindo suas receitas, além dos pratos tradicionais citados acima o cliente pode optar hoje pelas novas criações como bolinho de batata em crosta de tapioca com farofa de bacon, molho de ervilha, panqueca fria com salmão defumado ou filé Schwarzwald – bife da floresta negra com molho de ervas e aspargo branco.

Culinária dos imigrantes alemãs

Cardápio típico alemão: salsichas e joelho de porco.

Nas minhas produções, eu gosto de usar, por exemplo: lingüiça cozida no chucrute, tulipa de pato, maçã verde caramelada com alfavaca, waffles alemães com sorvete ao molho de quentão, mini-barreado de galeto e feno, filé de linguado ao molho de cerveja, entre outras.

Podemos afirmar, contudo que a cozinha brasileira está evoluindo e entrando no mercado internacional levando seus ingredientes e carregando a influência dos imigrantes.

Abraços,

Chef alemão Heiko Grabolle.

Anúncios

24 Respostas para “Culinária dos imigrantes alemães faz parte da gastronomia brasileira

  1. Pingback: Receita alemã: repolho roxo a moda alemã | Chef Heiko Grabolle

  2. procura no Google que vai sabe

  3. Pingback: Cuca alemã – uma tradição germânica | Chef Heiko Grabolle

  4. Hallo! Meus parabéns pelo portal, adorei! Há dois meses abri um blog sobre a presença germânica no Rio de Janeiro além de vários posts sobre cotidiano na Alemanha. Surpreendi-me com a quantidade de restaurantes, bares e confeitarias de gastrononomia “teuto-carioca”, aliás o post mais comentado….
    Outra coia, como v. conseguiu o logo da Alemanha no Brasil? Enviou o projeto desse portal? Alles gute, Sylvia Lenz / UEL

  5. Pingback: Pato ou marreco afinal? | Chef Heiko Grabolle

  6. Pingback: Cozinha alemã em Blumenau | Chef Heiko Grabolle

  7. julia trindade sabino

    gosteiiii vai ser perfeito para minh pesquisa escolar

  8. gostei desta pagina a coisas interesantes

  9. João Rafael Balkoski

    Parabéns, ótima bibliografia para o meu TCC. Obrigado!

  10. Quero mais alimentos

  11. obrigado,me ajudou bastante no meu trabalho de História.
    brigadão………..

  12. vai me ajudar bastante na minha pesquisa de História Valeu

  13. Não me ajudou me desculpe-me

  14. gosto muito alemanha alemahn

  15. me ajudou bastante para o meu trabalho escolar.

  16. Pingback: Receita alemã: Língua ao molho de ervilha | Chef Heiko Grabolle

  17. gente quero mais nomes de comidas
    mas ma agudou muito

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s